3

Amamentação: as delícias e as dificuldades






Blogagem Coletiva
Selinho by Joana Heck










 Mais um post sobre amamentação. 
Um tema que tenho orgulho de falar e que SEMPRE deveria estar em pauta. Bom, pelo menos sempre está na blogosfera materna! rsrsrs
O Pietro nasceu de uma cesariana as 20:19h. Lindo, fofucho e tudo o mais! Foi levado para o berçario para os procedimentos normais e só voltei a vê-lo 6 horas depois, as 2 da manhã! Até lá foi muiiito babado e espionado pela familia e depois pela minha mãe que ficou comigo na maternidade.
Quando ele chegou nos meus braços, tão pequenino, a enfermeira colocou no meu seio e ele sugou bem forte e com muita vontade. Eu tava meio sem jeito, mas acho que a enfermeira que trouxe ele tava com muito sono ou então achava que eu já era mãe de 10 filhos, porque simplesmente me deixou lá, toda troncha e saiu. Mainha tentou levantar as costas da cama, mas não conseguiu e então saiu e chamou uma outra enfermeira. Essa veio, levantou a cama, ajeitou ele, me ensinou umas posições, disse que ele tinha uma pegada "porreta" e ainda saiu soltando os cachorros com a outra lá! "Como é que pode, você nem ao menos levantou a cama da paciente" kkkkkk 
Eu fiquei de cá rindo mais logo voltei minha atenção pro meu baby lindo. 
Acordei pela manhã jorrando colostro. Tuudo estava molhado. Eu estava muito feliz e orgulhosa. Voltamos pra casa e tudo ia bem. Até que começei a sentir dor. Eu falei DOR! Gente do céu! Eu praticamente não tinha bico. Meu obstetra tinha me indicado o uso das conchas no 6º mes.
Começou a ferir e a sangrar, doía bastante. Mas eu fiquei firme. Eu não podia deixar de amamentar o meu príncipe por causa daquela dorzinha. Nãoo mesmo! Tentei de tudo: Cremes, (eu ja vinha usando um desde o 5º mês) bico de silicone e nada. Ainda tinha que usar a bombinha porque os seios doíam e ficavam duros cheios de leite, eu tinha medo de empedrar. 
Quanto leite joguei fora... Aqui na minha cidade não tem banco de leite. Ficava imaginando quantas crianças poderiam estar precisando....
A coisa toda melhorou quando começei a passar o próprio leite no seio. Aí ficava o dia inteiro amamentando só em um peito e tratando a ferida do outro com o leite. E também fazendo a ordenha pra aliviar as pedras. Aí no outro dia só amamentava no outro peito e cuidava do outro. Assim foi uns 3 dias até que as feridas sararam completamente e amamentar deixou de ser um momento de dor e passou a ser só de amor!
(Antes também era de amor, só que era de amor e dor e depois foi só amor, rsrsrsrs)
Primeira mamada! Olha o tamanho que ja tava a peitchola! rsrs
Pietro está com 5 meses e meio e só mama no peito. 
Quando estava com 45 dias, eu sentindo muitas dores, fui internarda na emergência e em seguida fui encaminhada para uma cirurgia de vesicula por laparoscopia. Tinha leite ordenhado em casa mas não seria suficiente e ele não poderia ficar comigo no hospital. Foi tudo muito rápido e fiquei 2 dias internada. O pediatra receitou o NAM, ele tomou aos cuidados de mainha, mas fazendo muiita careta e depois de muiito choro. Só tomava mesmo quando a fome já tava forte. Eu de lá, achando que ele não ia querer mais saber do peito, chorando de saudades e ansiedade.
Voltei pra casa e ele avançou nas peitcholas, com uma carinha de "até que enfim mamãe! Aquele leitinho lá não tava com nada"!! Respirei aliviada por ele está mamando com todo gás e por está esvaziando as peitcholas que estavam meeeega doloridas e cheonas!! rsrsrs
Nunca teve uma febre, gripe, nada. Só a alergia a vacina que ja contei aqui. Já estamos nos preparando para essa nova fase da alimentação e das papinhas, mas não nego meu medo dele largar as peitcholas. Estou lendo bastante pra fazer tudo da melhor maneira pra que ele continue a amamentação. E que a hora de parar vem sem traumas para nós dois.
Sou feliz por poder amamentar e amamentaria outros bebês se preciso fosse.
Amamentar é dedicação, é amor, é cuidado.

Parabéns ao blog Projeto de Mãe, pela bonita iniciativa!!

Beijinhos!!

3 comentários:

Jαqυє ∂α Júℓiα *•.✿ disse...

Olá amiga ...
tem selinho com carinho p/ vc lá no meu blog...
passa lá!!!

beijo's

Tati Amorim disse...

Adorei seu post sobre amamentação, dei risada qndo falou que amamentou com dor e amor..rss, é assim mesmo, choramos de tanta dor, parece até que não vamos suportar a dor no inicio da amamentação, mas depois de torna uma coisa tão prazerosa, tão linda, só nós sabemos o quanto tem valor esse ato lindo né! bjão e seja bem vinda sempre ao meu blog
http://tati-tatianeamorim.blogspot.com/

Ananda Etges disse...

Na minha cidade também não tem banco de leite e acabei jogando um pouco fora no início, quando estava com o seio cheio demais. É uma pena...

Obrigada pela participação na blogagem!

Beijos, Ananda.

http://projetodemae.wordpress.com

Postar um comentário

Nao esqueça de comentar! =D

Lilypie First Birthday tickers
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...